segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Raro e Frágil

O sagui-de-patas-brancas (Saguinus leucopus), espécie em vias de extinção, dificilmente sobrevive em cativeiro devido ao stress provocado pelas condições sociais e nutricionais pouco adequadas à sua sobrevivência. Consciente da urgência da conservação do animal, o Jardim Zoológico de Lisboa, sob a responsabilidade científica do biólogo Eric Bairrão Ruivo e com o apoio de 21 jardins zoológicos e instituições europeias, pôs em prática um programa de conservação da espécie em 2006, em colaboração com a Fundación Biodiversa Colombia e a Associação Europeia de Zoos e Aquários.
Desde Janeiro de 2006, o projecto combina acções de reprodução em cativeiro, financiamento e construção de jaulas adequadas, investigação da densidade e distribuição geográfica da população do animal, não esquecendo as campanhas para a redução do tráfico.

Com a ajuda do Jardim Zoológico de Lisboa, o projecto contempla também, a criação de centros de refúgio para o acolhimento de macacos confiscados, bem como a formação de biólogos e veterinários nas técnicas e conhecimento mais recentes sobre esta espécie. Desde o início do projecto, a taxa de nascimentos em cativeiro tem sido animadora e já há registos de animais que vieram mais do que dois anos em jardins zoológicos. - Pierre Guibert

Fonte da imagem: www.fundacionbiodiversa.org

in National Geographic Portugal, Dezembro 2007