sexta-feira, 14 de Agosto de 2009

Bonobo ou Chimpanzé Pigmeu


Superfamília Hominoidae; Família Hominidae

Pan paniscus
Vernon é um macho adulto que vive num zoológico. Reparem que ele "raspou" o pêlo dos braços, provavelmente por falta de enriquecimento ambiental em cativeiro.

Características distintivas:

Os Bonobos possuem uma estrutura corporal mais esguia do que os chimpanzés (P. troglodytes), com os braços maiores e com o peito mais estreito. A cara apresenta uma coloração preta desde o nascimento. O cabelo no topo da cabeça caí sobre as orelhas, o que faz com que estas sejam menos visíveis. Um tufo branco na cauda pode ser visível nos juvenis e adultos.


Características Físicas:

cabeça e comprimento do corpo: Fêmeas 700-760mm; Machos 730-830mm.
peso: Fêmeas 31,0kg; Machos 39,0kg.
índice intermembranal*: 102,7.
peso cerebral do adulto: NA.
capacidade cranial: Machos 350 cu cm; Fêmeas 345 cu cm
comprimento do dente canino: Fêmeas 9mm; Machos 11,1mm


Habitat:

Primário e Secundário, nas terras baixas da floresta tropical.





Dieta:

Fruta, Folhas, Ervas terrestres, Trufas, Mel, Caules, Larvas da terra, Térmitas, Formigas e Morcegos. Não foram observados Bonobos a comerem carne ou a caçarem outros macacos.



História de Vida:
(me=meses)(d=dias)(a=anos)

Juvenil: 40-84me.
Subadulto: 84-132me.
Maturidade Sexual: NA
Ciclo Estral: 35-40d.
Gestação: 240d.
Idade ao 1º nascimento: 168me.
Intervalo entre nascimentos: 54me.
Longevidade: 40a.

Locomoção:

Quadrúpede, deslocam-se sobre os nós dos dedos e mãos; trepadores em suspensão; bipedísmo ocasionalmente.

Estrutura Social

Muitos machos para muitas fêmeas, fissão – fusão de comunidades.

Os Bonobos deslocam-se em grupos mistos. O grupos nómadas evitam encontros com outros grupos, não sendo muito hostís.

Emigração: As fêmeas emigram, os machos mantêm-se no grupo da sua mãe.

Tamanho do grupo: Comunidade constituída entre 50-200 indivíduos, mais 6-15 indivíduos nómadas.
Extensão do território: 2200-5800ha.

Tamanho do território de dia: 1200-2400m.


Comportamento

Diurno, arbóreo e terrestre. Os Bonobos vêm ao solo para se alimentarem de vegetação terrestre herbácea, que é abundante e permite que os indivíduos nómadas se juntem e estabilizem o grupo, mais que nos grupos de chimpanzés.
Os Bonobos são menos agressivos e reconciliam-se mais frequentemente que os chimpanzés. Os grupos possuem menos associações "grooming" macho-macho, mais associações macho-fêmea e fortemente a associação fêmea-fêmea. Os bonobos machos partilham a comida com as fêmeas, partilhando pouco com outros machos. O uso de instrumentos é reduzido às folhas para se protegerem da chuva e o arrastar dos ramos nos confrontos. Os Bonobos usam as mãos para escavar a terra em busca de larvas e turfas na floresta secundária. Eles lavam raízes e ervas nas correntes de água. No Zaire, os humanos caçam-nos para comer e como animais de estimação.


Os Bonobos são menos agressivos que os chimpanzés.


Acasalamento: É comum, nos Bonobos, estes estarem envolvidos em comportamentos sexuais que não têm valor reprodutivo para a concepção mas que têm valor social, reduzindo tensões dentro do grupo causadas pela competição pela comida ou por encontros agonísticos dentro do grupo. O comportamento sexual incluí cópula dorsoventral e cara a cara; as fêmeas roçam as suas partes genitais numa relação sexual fêmea-fêmea. Podem ser observadas todas as combinações de idades e géneros.

Vocalizações: 14, incluíndo um chilrear de alta frequência para a descoberta de alimento, gritos, um alarme seco e um guincho durante a cópula. O "grito alto" é um chamamento dado pelo grupo todo em resposta aos chamamentos de outro grupo que está a uma distância grande, e podem ser escutados durante o dia ou noite. Os humanos podem ouvir estes chamamentos a 500 metros. Este chamamento pode ajudar a recuperar os indivíduos nómadas que se encontram dispersados.

Local para pernoitar: Constroem um ninho novo para dormir todas as noites.

* é um valor conseguido através da proporção do comprimento dos membros anteriores aos membros posteriores. Esta informação é importante para paleontólogos, que só podem fazer a inferência sobre o comportamento dos animais fósseis que encontram. Todos os primatas estão numa escala de 50 para 150. O índice intermembranar indica o tipo geral de locomoção.

----------------------------------------------------------------------

Fonte bibliográfica e fotográfica: ROWE, Noel; The Pictoral Guide to the Living Primates; Pogonias Press; 1996; Charlestown, Rhode Island, USA.
#007

Sem comentários: